Descubra o Projeto Eu Sou Amazônia do Google Earth

 

 

A Amazônia é um bioma vital para o mundo. Seu território é tão abrangente que corresponde a nove países: Brasil, Bolívia, Colômbia, Equador, Venezuela, Guiana, Guiana Francesa, Peru, Suriname.

 

É considerada a maior floresta tropical do mundo. Porém para muitos brasileiros ela é distante e misteriosa, só que estamos muito conectados com a floresta. Por isso, foi lançado em 2017 'Eu sou Amazônia' pelo Google Earth.

 

E se você ainda não conhece o projeto, descubra aqui como se conectar mais com este bioma fundamental para o planeta.

 

Mas, antes entenda qual a importância da Amazônia para a Terra e para você! 

 

Importância da Amazônia 

 

Este bioma é importante tanto para os povos indígenas, e as comunidades locais, que valorizam a diversidade cultural da região, quanto para toda população que habita o planeta.

 

A Amazônia funciona como um sistema vital para o equilíbrio da estabilidade ambiental do planeta, sendo responsável por: 

  • Manter a umidade para a América do Sul;

  • Influenciar nas chuvas e contribuir para estabilizar o clima;

  • Abrigar a maior biodiversidade da Terra;

  • Garantir a sustentabilidade natural para todas as formas de vida; e,

  • Possuir ecossistemas únicos no planeta. 

 

Eu Sou Amazônia 

 

Para aproximar o cidadão da Amazônia o projeto intitulado “Eu Sou Amazônia” foi produzido pelo cineasta brasileiro Fernando Meirelles em parceira com o Instituto Socioambiental (ISA).

 

São contadas e apresentadas 11 histórias em recursos diversos como vídeo, mapas, áudio e realidade virtual 360°, as quais são divididas nos temas: 

  • água (sobre a produção da floresta e sua relação com a chuva em outras partes do País);

  • mudança (sobre a região de Paragominas, no Pará, que foi severamente desmatada ao longo de 40 anos e hoje trabalha para se tornar a primeira cidade verde da região);

  • alimento (sobre os produtos da floresta, como castanha-do-pará e o açaí); raiz (sobre a cultura dos Yawanawá, que quase se perdeu e se recuperou com o empoderamento feminino e economia sustentável);

  • inovação (sobre o povo Paiter Suruí, que descobriu com a tecnologia uma forma de monitorar sua terra e conseguiu sobreviver);

  • liberdade (sobre quilombolas que encontraram na Amazônia um lar);

  • resistência (sobre o povo Tembé, na sua luta pelo direito à terra);

  • resiliência (sobre as ameaças que o desmatamento, agrotóxicos e mudanças climáticas trazem ao Xingu);

  • aventura (sobre uma trilha de 36 km com os Yanomami até o Pico da Neblina); e,

  • conhecimento (sobre como o povo Cinta Larga usa projetos de educação para conseguir proteção de seu território). 

 

Para a produção dos filmes, o Google utilizou ferramentas como câmeras em 3D, além dos recursos da floresta. E assim é perceptível ver como é a relação da floresta e seus povos com questões como alimento, água e origens culturais, tudo muito bem exemplificado nas 11 histórias abordadas. 

 

Você Sabia?

  • Produtos da floresta são comercializados em todo o Brasil, como açaí, guaraná, frutas tropicais, palmito, fitoterápicos, fitocosméticos, couro vegetal, artesanato de capim dourado e artesanato indígena;

  • Produtos não-madeireiros também têm grande valor de exportação: castanha do Brasil, jarina (o marfim vegetal), rutila e jaborandi (princípios ativos), resinas e óleos (essências de perfume);

  • Uma em cada dez espécies de vida no mundo vive na Floresta Amazônica? É o lar da maior quantidade de espécies de plantas e animais do planeta; e,

  • A região é o habitat de cerca de 2,5 milhões de espécies de insetos, dezenas de milhares de plantas, e por volta de duas mil aves e mamíferos.

 

Mesmo com essas histórias contadas mostrando mais da relação dos povos com a Amazônia, cientistas afirmam que ainda há uma grande quantidade de espécies desconhecidas, principalmente nas áreas mais remotas. Este bioma não é mesmo um encanto?

 

Preservar a biodiversidade amazônica, portanto, significa contribuir para estabilizar outros ecossistemas na região. Dessa forma, o especial “Sou Amazônia” é um projeto no qual cidadãos podem se conectar e compreender qual o impacto de suas escolhas de consumo no meio ambiente e no seu próprio bem-estar. 

 

Nas histórias apresentadas é possível ver a relação da pecuária com o desmatamento da Amazônia. Em contraponto, também é possível conhecer as áreas de cultivo de cacau, açaí e castanha do Pará. Só para ter uma ideia, esses são alimentos consumidos por mercados em diversos pontos do planeta.

 

Ao mesmo tempo em que o bioma está encolhendo lentamente em tamanho, é preciso que cada um faça a sua mudança, seja assinando petições, cuidando de práticas diárias sustentáveis em seu dia a dia, e amando e cuidando do próximo.

 

O bioma da Amazônia é formado pela riqueza da vida silvestre fauna e flora, onde milhares de espécies crescem e se multiplicam todos os dias na mata. 

 

Fique por dentro da Amazônia

 

O site que hospeda a produção de Eu Sou Amazônia é o site Amazônia, notícia e informação. Para conhecer todas as 11 histórias deste projeto, entre no site (Fonte | Créditos>>) e depois vá na sessão Descubra sua Conexão e clique em Eu Sou Amazônia. Logo, o portal irá lhe direcionar para as histórias que são apresentadas.

 

Descubra você também a Amazônia! 

 

© Robriane Lara e Angélica Weise 2018 | www.dimensaodanatureza.com/ambiente-natural 

 

Fonte | Créditos >>

 

Tags: