10 PANCs Utilizadas na Cozinha Brasileira


PANC | Crista-plumosa – Celosia argentea

Você alimenta-se bem? Se sua resposta é sim, possivelmente dirá arroz, feijão, trigo, soja, tomate e alface. Estes são os alimentos conhecidos como convencionais encontrados em supermercados.

Mas, você já parou para pensar se sua alimentação está de acordo com as suas necessidades nutricionais?

Com a correria do dia-a-dia muitas vezes descuidamos da alimentação consumindo alimentos industrializados em detrimento de uma alimentação mais saudável, deixando de lado a qualidade natural dos alimentos.

Para termos saúde e bem-estar é imprescindível uma alimentação saudável. Estudos mostram que precisamos nos alimentar com mais frutas, legumes e verduras. Neste sentido, procure saber de que forma o alimento foi produzido, e principalmente, se ele tem todos os nutrientes que seu organismo precisa.

Veja abaixo a tabela de alimentos fiscalizados pela ANVISA e as irregularidades no uso de agrotóxicos:

Como mostram os ensinamentos de Ana Primavesi, agrônoma precursora da agroecologia no Brasil, o alimento ao ser produzido pelo homem precisa interagir com a natureza de forma natural e sustentável, livre de fungicidas, inseticidas e bactericidas.

“Seus ensinamentos mostram um homem que não se impõe à natureza, mas a compreende e interage com ela na grande teia da vida.” Ana Primavesi

Além dos supermercados, procure feiras agroecológicas que oferecem alimentos orgânicos, produzidos na maioria das vezes pelo pequeno agricultor da sua região.

“O solo é um organismo transbordante de vida.” Ana Primavesi

"Um solo sadio gera uma planta sadia, e esta não será atacada por pragas, pois na natureza, “praga” é um grande indicador de que naquele solo falta algo, e portanto, a planta não está bem nutrida." Ana Primavesi

Felizmente, no Brasil estudos nos mostram que existem outros caminhos para se buscar uma alimentação mais saudável. Pesquisadores e botânicos revelam que as PANCs, alimentos cuja sigla significa Plantas Alimentícias Não Convencionais, podem compor o cardápio de sua mesa de forma fácil e barata.

Agora, quero te apresentar então estes outros alimentos, os chamados não convencionais, encontrados onde você menos imagina. Estas plantas nascem de forma espontânea no quintal de casa ou estão no jardim com propriedades medicinais incríveis.

São também conhecidas como plantas silvestres, por exemplo, Radiche, Peixinhos da Horta, Serralha, Caruru. Estas são apenas algumas das PANCS mais usadas em cardápios da culinária brasileira, que utilizam uma alimentação saudável não convencional.

Usualmente 90% dos alimentos vem de apenas 20 espécies vegetais. Entretanto, no mundo encontram-se 30 mil espécies vegetais que possuem partes comestíveis. E destas, 10 mil espécies vegetais com possibilidades de consumo encontram-se no Brasil.

As PANCs são espécies nativas, muitas vezes desprezadas e chamadas de “mato” em jardins. Entretanto, são adaptadas aos mais diversos ambientes da natureza. Permitindo um maior equilíbrio ecológico, aumentando a vitalidade do solo.

Além disso, mantém o ciclo da água, requerendo menor uso de energia no sistema.Além de serem fáceis de serem encontradas, as PANCs são necessárias ao equilíbrio do ecossistema produtivo, sendo uma excelente fonte natural de alimentação.

No Brasil, já foram catalogadas mais de 2.800 espécies e estima-se que existam aqui aproximadamente 5 mil espécies.

Quanto ao valor nutritivo, as PANCs apresentam fibras, sais minerais, proteínas, vitaminas, são antioxidantes e livres de colesterol, além disso facilitam a digestão e muitas possuem propriedades medicinais.

Quanto ao seu preparo algumas podem ser consumidas cruas como a - Ora pro nobis -, e outras só cozidas como as folhas suculentas da - Flor de Santa Luzia. Lembre-se que antes de experimentar qualquer planta, é importante ter certeza de que ela é de fato alimentícia.

Procure se informar sobre cada planta antes de consumi-la. Em todos os casos, é indicado consultar um nutricionista, para ter certeza que está ingerindo uma planta alimentícia não convencional e obter todos os seus benefícios.

Conheça 10 Plantas Alimentícias Não Convencionais e Alimente-se com Mais Vitalidade

PANC 1 | Flor Beijinho – Impatiens walleriana

PANC 2 | Flor da Begônia - Begonia elatior

PANC 3 | Beldroega - Portulaca oleracea

PANC 4 | Caruru rasteiro - Amaranthus deflexus

PANC 5 | Folha de Chuchu – Sechium edule

PANC 6 | Flor de Hibisco – Hibiscus rosa-sinensis

PANC 7 | Ora pro nobis – Pereskia aculeata

PANC 8 | Peixinho da horta – Stachys byzantina

PANC 9 | Tanchagem – Plantago major

PANC 10 | Broto da Bananeira – Musa paradisiaca

Se você ficou curioso em relação a alimentação com PANCs aproveita para ir até uma feira orgânica mais próxima de sua casa e pesquise com os fornecedores de frutas, legumes e hortaliças sobre elas, quem sabe já estavam na feira e você nem reparou.

Outra dica interessante é comprar mudas ou sementes destes maravilhosos alimentos numa floricultura ou feira agroecológica, e plantar na horta da sua casa. As PANCs são de crescimento rápido e fáceis de cuidar, pois se adaptam em solos e climas diversos, e o mais importante, dispensam adubação e agrotóxicos!

Busque uma alimentação saudável que fortaleça sua saúde física, trazendo bem-estar e qualidade de vida para todos em sua família.

Fica a dica

Para conhecer melhor as PANCs vejam também no Menu Álbuns | Catálogo de Plantas, seu nome popular e científico! Além disso, acompanhe receitas com PANCs aqui no Blog.

© Robriane Lara 2018 | www.dimensaodanatureza.com/blog-mais

Fonte | Créditos >>

Posts Mais Lidos | Destaques

Posts Recentes

Posts Anteriores

LOJA Virtual
Loja Virtual | Produtos para a família
Site_Seguro_Google.png
Nós amamos falar sobre a Dimensão da Natureza.
Dimensão da Natureza | Voltar ao Início do Site

#PorUmMundoLuminoso

Siga-nos!

facebook (1).png
instagram.png
youtube-symbol.png
pinterest.png
twitter.png
vimeo.png
issuu.jpg

Dimensão da Natureza ® 

Todos os Direitos Reservados

 © Copyright 2017-2020

Lista de Emails.jpg
Topo