Meditação: uma forma de se autoconhecer

 

A cada momento da vida criamos e experimentamos pensamentos, sentimentos e emoções que tendem a nos levar tanto às memórias do passado, quanto às expectativas do futuro. 

 

E como fica o momento presente? Aquele que é o único tempo onde o nosso Eu Verdadeiro pode ser encontrado? 

 

Felizmente, existe algo que podemos fazer por nós mesmos: a prática da meditação é a resposta! 

 

Mas afinal, o que é meditar? 

 

Aqui vamos falar da meditação que tem transformado a vida de inúmeras pessoas pelo mundo de forma positiva. 

 

Com poucos minutos diariamente e numa posição confortável, preferencialmente sentado, você já pode beneficiar-se da meditação. Pode ter certeza que é uma viagem interna transformadora!

 

O Que é Meditação?

 

Há vários conceitos envolvendo a meditação e sua relação com o estado de concentração no agora.

 

A Meditação é uma atividade em que o praticante apenas se senta e permite que a mente se dissolva. Logo, é uma das técnicas mais simples da terapia holística ou medicina complementar para equilibrar a mente quase que imediatamente. 

 

A palavra Meditação vem do latim “meditare”, que significa voltar-se para o centro e desligar-se do mundo externo. Meditar é focar a mente, deixar as preocupações de lado, viver o momento presente.

 

No início, ao meditar, é muito comum a mente querer pensar em muitas tarefas, resolver situações ou mesmo ter lembranças do passado. Isso não quer dizer que você não vai pensar em nada, na verdade a sua mente acalma e você vai ter um intervalo maior entre um pensamento e outro.

 

Assim, a meditação é um exercício de relaxamento que deve ser praticado diariamente, a fim de que seja possível cultivar e desenvolver certas qualidades humanas mais positivas.

 

Benefícios da Meditação

 

É fato que a meditação possui muitos benefícios, os quais foram testados entre pesquisadores, terapeutas e profissionais no campo da medicina. Por isso, nos últimos anos a meditação foi objeto de mais de 500 estudos clínicos só nos EUA.

 

Entre eles estão: Jon Kabat-Zinn, médico, professor e pesquisador da Faculdade de Medicina da Universidade de Massachusetts; Dr. Gregg Jacobs, psicólogo de Harvard; Dr. James Blumenthal da Universidade de Duke; Jornal Internacional de Neurociência; Dr. Herbert Benson da Universidade de Harvard; Dr. Deepak Chopra reconhecido como um dos mestres da filosofia oriental no mundo ocidental, fundador do Centro Chopra de Meditação para o Bem-Estar, em San Diego, Califórnia.

 

Estas pesquisas científicas vêm mostrando e comprovando que a meditação pode ser uma grande aliada na saúde física e mental das pessoas. Confira alguns dos seus benefícios: 

  • Equilibra o organismo;

  • Melhora os relacionamentos;

  • Conecta o seu eu interior;

  • Reduz os níveis de estresse;

  • Aumenta a capacidade de concentração e memorização;

  • Fortalece o sistema cardiovascular;

  • Auxilia na qualidade do sono;

  • Diminui a ansiedade;

  • Controla os pensamentos e emoções;

  • Ajuda no controle do peso;

  • Alivia enxaquecas;

  • Aumenta a vitalidade e a sensação de rejuvenescimento. 

 

 

Como Meditar?

 

Sim, todos nós somos capazes de meditar! E para aprender a meditar é preciso reservar cerca de 5 minutos ao dia para desenvolver a capacidade de se concentrar. O indicado é começar aos poucos e ir gradualmente aumentando o tempo, até chegar em 30 min, duas vezes por dia, para obter mais benefícios.

 

Hoje, há muitos vídeos ensinando a meditar, e inclusive há cursos online voltados para meditação. Dentre os vários tipos de meditação vamos citar os mais conhecidos: 

  • Meditação Budista;

  • Meditação Vipassana;

  • Meditação Zazen;

  • Meditação Hare Krishna;

  • Meditação Transcendental;

  • Meditação Yoga;

  • Meditação Cristã;

  • Uso dos Chakras.

 

Estes são apenas alguns dos tipos de meditação. Para quem está iniciando, se indica começar com a Meditação Guiada. Pois, é mais fácil se manter focado. 

 

Para facilitar a meditação existem elementos e símbolos que podem ser usados para ajudar nesta prática espiritual. Por exemplo, é interessante ter um recanto ou espaço exclusivo para meditar de forma natural e positiva, que seja tranquilo e inspirador.

 

Algumas pessoas gostam de decorar este espaço com símbolos, imagens de mestres, anjos e arcanjos, almofadas, além de um pequeno altar com velas aromáticas, incensos, cristais, sinos, taças tibetanas e plantas ornamentais.

 

A música zen, clássica ou sons da natureza também ajudam na percepção e concentração na meditação, por isso escolha ouvir mantras ou música zen ambiente. O importante é você se sentir tranquilo e seguro. 

 

Dentre meditações e técnicas de equilíbrio da mente, observar um objeto ou imagem simbólica, como uma vela por exemplo, ajuda a prática e facilita a concentração.

 

Outro modo de meditar é escolher alguns cristais energéticos que aumentam o poder de conexão com seu eu interior, cuja proximidade com os chakras ampliam seu equilíbrio e contato com seres de luz e guias espirituais.

 

Em todas as técnicas de meditação lembre-se de prestar atenção em sua respiração. Estas são apenas algumas formas de meditar e se conectar com o poder do coração.

 

Quem está iniciando vai notar que meditar é um hábito. Com o passar do tempo vai ficando mais fácil. É só deixar fluir a respiração, desacelerar os pensamentos e ouvir a voz que vem do coração. 

 

Agora que você já sabe alguns tipos de meditação é hora de começar. Prepare um ambiente de sua escolha. Aconselha-se um lugar mais tranquilo na sua casa, como quarto, escritório, ou mesmo um local ao ar livre junto a natureza.

 

A partir disso, você precisa definir em qual momento do dia vai meditar. Se pela manhã logo ao acordar, ou outro horário que fique dentro de sua rotina diária.